Cura de enfermidades com cebola – Alium Cepa

Cura de enfermidades com cebola – Alium Cepa

Na antiga e florescente Roma, a autoridade do célebre naturalista Plínio afirmava curar, a cebola, vinte e oito enfermidades.

Durante a guerra, experiências foram feitas com o emprego da cebola, na cura de feridas purulentas, gangrenadas e nas congelações, pelas suas propriedades voláteis.

Isto não é recente nem incógnito. Muitas pessoas simples conhecem este valor da cebola.

O Dr. Kohman, bromatólogo americano, afirma que: “ a cebola e o seu parente, o alho, ocuparam lugar preponderante na medicina popular da maioria dos povos da Europa”.

Experiências foram feitas na Rússia, durante a guerra, sobre o efeito da cebola em feridas purulentas, gangrenadas, e em congelações. Faziam uma pasta d uma ou duas cebolas, em um prato raso, e expunham a ferida, durante 10 minutos, á exalação do vapor. Desde ás primeiras aplicações, a ferida apresentava cor diversa, passando a rosado, o que indica um decréscimo na infecção; passava a dor; cessava a purulação e começava a cicatrização.

Neste particular, o Dr. Kohman fez uma declaração veraz. Eis sua afirmação, baseada nos seus estudos:

“ Parece haver uma base certa em algumas das tradições relativas á fama que a cebola adquiriu como protetora na saúde. É possível (afirmamos: é realidade) que comer cebolas cruas tenha efeito curativo sobre as inflamações da garganta…”

Estes fatos, contatados pela medicina, são, no entanto, bem conhecidos do povo simples do campo.

Por outro lado, quem desconhece, da cebola, o grande valor nutritivo e saboroso, numa salada ou tempero?

A cebola, além de terapêutica, é alimentícia, diurética e até laxante. É um poderoso desinfetante, e um preventivo contra as infecções!

Coma cebolas cruas. A cebola prevenirá e curará os resfriados e catarros; si se sofre da bexiga, dos intestinos, dos rins, de albuminúria  ou nefrite; se há urea, se úlceras nos intestinos e se lombrigas nas crianças e nos maiores, também, combaterá.

Quem não saberá contar alguma coisa de bom da cebola? Ela é conhecida por todos, no mundo inteiro.

Por isso é vista com agrado na mesa. Onde falta parece faltar verdadeiramente um meio nutritivo  e saudável que é necessário para o corpo humano. Os velhos povos, como nos ensinam as Sagradas Escrituras, colocavam a cebola em primeiro lugar, como um meio nutritivo e curador.

Isto faziam com toda razão. Sem cebola não se preparava quase nenhum prato. Comiam  a cebola especialmente crua, e em grandes quantidades. Por isso eram fortes e sãos os povos antigos. Também sua incrível resistência e força, para  suportar o trabalho pesado e as fadigas corporais, resultou desta sã  alimentação.

A  cebola foi por conseguinte Sempre muito querida

Dos povos antigos. Também foi uma das causas pelas quais os israelitas se rebelaram contra  Moisés e Deus no deserto, onde não puderam obter este precioso alimento e gritaram “ Lembramo-nos… das cebolas  dos alhos que comiamos no Egito”.

Todos os homens que reconhecem o duplo valor da cebola consideram-na como a mais preferida entre os seus alimentos.

A cebola limpa, desinfeta, nutre, fortifica e cura.

Além das enfermidades já mencionadas, a cebola combate:  tosse, rouquidão, mucosidade, supuração, úlceras e inflamações de qualquer espécie, afecções da pele, enfermidades da garganta, cérebro, ossos, estômago.

Aquele que deseja, na juventude, um  desenvolvimento normal e forte do corpo e dos osso, e Uma inteligência bem desenvolvida. Não se esqueça de comer muita cebola em suas refeições.

Ela excita o apetite e regulariza o estômago. É excelente contra as Dores de ventre e contrição no estômago.

As propriedades diuréticas da cebola tornam-na um meio depurativo de primeira grandeza para o corpo e todo o organismo. Ela ataca qualquer mal, seja exterior ou interiormente, e trata de combatê-lo. Esse efeito curativo é especialmente notável na hidropisia .

Por isto deveria tomar-se a miúdo Suco de cebolas;

Também contra a retenção da urina. Pode-se extrair seu suco picando-a e espremendo-a.

Pode-se também cozinhá-la cortada em um pouco de água e tomá-la como chá, com bastante mel. Em lugar do mel emprega-se também açúcar natural  ( açúcar de cana ), mas nunca o açúcar branco que costumamos usar e que é prejudicial por causa de seus agregados químicos. Por isso é sempre preferível o mel.

Este chá tem um efeito muito curativo em todas as enfermidades, especialmente em resfriados, rouquidão, tosse, gripe, catarros de qualquer espécie, escarros de sangue, pleurite, enfermidades dos rins, tísica, etc.

Também aplicando-se o suco de cebolas exteriormente, tem um bom efeito interno, friccionando-se a parte doente com suco e aplicando-se as cebolas esmagadas sobre a mesma.

Tais aplicações de cebola, especialmente  quando misturadas com mel e barro, fazem juntar o pus nos furúnculos  e o expelem.

Podem ser acalmadas e curadas também partes doloridas, como por exemplo:

Reumatismo e gota

Também dores causadas por quedas, golpes, torceduras, esmagamento, etc, friccionando-se constantemente estas partes com suco de cebolas ou aplicando-se muitas cataplasmas de cebolas esmagadas, naturalmente sempre em conjunto com aplicações de outros fatores curativos.

O suco de cebolas é excelente nas úlceras de qualquer espécie ou feridas abertas e supurantes.

Só poucos homens sabem também que os pratos de cebolas cruas ( ou fritas ) são um excelente meio  contra a prisão de ventre.

Já por esse motivo se deveria consumir muitas cebolas. A natureza é tão rica em meios curativos. Só temos  que usá-los. Lamentavelmente a natureza não pode produzir muitas vezes seu completo efeito por causa do falso modo de vida do povo.

O suco de cebolas é também um meio excelente contra lombrigas, especialmente  misturando-o com suco de alho. Lavagens com o cozimento de cebola e alho são um meio seguro contra qualquer espécie de lombrigas.

Aquele que friccionar a miúdo seu couro cabeludo com suco de cebolas, combate a  formação  de caspas e a queda de cabelo.

Por conseguinte, é também um meio para o crescimento do cabelo, e presta neste sentido bons serviços. Com o limão, assim também a cebola e seu suco matam os micróbios,  por onde podemos ver seu grande valor como desinfetante e curativo, que lamentavelmente é muito pouco considerado pela humanidade. As comidas de cebolas, especialmente as cruas, de onde se recebe o completo valor de seu suco, são pois um meio que pode proteger o homem contra enfermidades contagiosas, como faz o limão. Considerando este ponto de vista, é também lógico que as aplicações de cebolas esmagadas são excelentes contra qualquer espécie de mordeduras prejudiciais e venenosas, como por exemplo de cobras e aranhas.

Toda família deveria considerar a cebola como seu médico familiar naturalista, por quem pode ser ajudada em quase todos os casos. Ela não protege só contra moléstias contagiosas, mas também combate muitas enfermidades, especialmente se tiver o limão como ajudante.

O chá de cebola, já citado, é excelente em muitas enfermidades. Ele dissolve e expulsa as substâncias estranhas, fortificando e curando, não importa se são doenças externas ou internas. Se for possível, misture-se também sempre um pouco de suco de limão e alho, pois estes três devem na realidade estar juntos. Esta Tríplice combinação promete tantos êxitos, que deveria  ser usada abundante e absolutamente em cada família, aplicando-a interna e externamente.

Nas enfermidades das crianças, que são tantas em todo o mundo, como: escarlatina, sarampo, varíola, o chá de cebola faz igualmente milagres , especialmente junto  com o limão e alho. Naturalmente deve-se tomar também o suco de cebolas cruas, misturadas com um pouco de suco de limão, para que seja mais fácil de tomar. Aquele que mistura suco de alho não comete uma falta. Tomar continuamente suco de cebolas, também contra Difteria,  tem um grande efeito curativo, em combinação com os outros meios curativos indicados. E isto agradará a todo aquele que entende algo do poder destruidor de micróbios que possui a cebola. Neste caso deve-se tomar  cada 10 minutos mais tarde suco de limão, para novamente ao suco de cebola, etc.. Aquele que tiver ao alcance das mãos suco de alho, pode também tomá-lo intercalado. Devem  aplicar-se na garganta cataplasmas de cebolas ( picadas ou esmagadas ), combinadas com cataplasmas  de barro.

Procurando um meio de prevenção contra o câncer que esta estendendo cada vez mais, acredita-se ter encontrado tal na cebola. Tem-se comprovado que nos países onde se comem muitas cebolas cruas, como por exemplo no oriente, especialmente na Bulgária, existem poucos enfermos de câncer. Mas nada adianta querer combater esse mal comendo diariamente cebolas, se não for antes abandonado, o falso modo de viver. Até com um modo de vida natural, teria que ser empregado, além das cebolas, o fator curativo “movimento”, para  precaver-se, com êxito, desse grande mal.

É suficientemente conhecido que os homens são da Bulgária  e de outros países, que viveram longos anos, não viviam unicamente segundo o natural e simples modo de viver, mas sim se moviam muito ao ar livre devido aos seu trabalhos de campo. Oxigênio e movimento são dois grandes inimigos não declarados do câncer que devem ser alertados para a luta.

Nos balcans a cebola ocupa o primeiro lugar entre os pratos dos povos que ali habitam; freqüentemente a metade das refeições diárias consiste em cebolas, pois são usadas abundantemente. Ali se reconhece seu grande valor curativo e fortificante. Esses homens agem com acerto, pois deste modo tem o melhor dos melhores:

A saúde!

A cebo,la contém muitas das substâncias que o corpo humano necessita para a sua conservação  em perfeita saúde e para o seu bom desenvolvimento. Encerra as propriedades necessárias á purificação do sangue,  dissolvendo  e expulsando as substâncias estranhas e morbosas que residem no corpo.

O sangramento do nariz

Pode combater-se com êxito absorvendo pelo mesmo algumas gotas de suco de cebola misturadas com um pouco de suco de limão.

A tosse, inclusive a coqueluche,

se acalma  e se cura em pouco tempo da seguinte maneira:

Primeiramente ralam-se  dois ou mais dentes de alho, acrescentando-se o suco de dois ou três limões. Deixa-se repousar, bem tapado, pelo menos duas horas. Descascam-se então três ou mais cebolas grandes, cortam-se em pedaços, ralam-se e coam-se por um pano, para se obter o suco, que se agrega, em seguida, ao alho e limão já preparados, mexendo-se bem. Toma-se de  hora em hora uma colher desse remédio, não porém juntamente com as refeições, senão uma hora antes ou depois. Também á noite, ao despertar-se, pode-se tomar uma colherada.

Acabando esse suco pode-se acrescentar, cada segundo dia, umas três a cinco colheradas de mel; também o sumo de alguns rábanos.

A cebola é também um bom remédio contra a insônia.

Ao deitar-se, corta-se uma cebola ao meio  e aspirar-se, por alguns momentos, a sua exalação. E o sono não tardará a vir. Pode-se também, antes de dormir, tomar um pouco de suco de cebolas.

A diarréia e a gripe

Se combatem com cebolas cruas, raladas, misturadas ao purê de batatas, etc.

Contra as  Verrugas na face a nas mãos, A cebola é ótimo remédio. Procede-se da seguinte maneira:  Oca-se uma cebola grande e recheia-se com sal.

Tapa-se com a rodela que se tirou. Coloca-se num cálice, xícara ou qualquer  recipiente, para que a cebola não tombe, derramando seu conteúdo. Com o líquido assim obtido umedecem-se  repetidas vezes, as verrugas, usando para este fim  um pincelzinho. Com tais aplicações, as verrugas vão desaparecendo paulatinamente. Havendo verrugas na mão, pode aplicar-se sobre elas, toda noite, uma fatia de cebola.

Sendo a cebola  um meio curador de primeira ordem, não podemos deixar de recomendar o seu uso, em forma de cataplasma, sobre os rins, bexiga e ventre. Tais cataplasmas podem ser usadas para qualquer mal-estar ou dor no corpo. Aplicam-se á parte dolorida.

Cura de cebola

Prepara-se diariamente, durante dez dias, um remédio igual ao que indicamos para “tosse, inclusive coqueluche”. De hora em hora toma-se uma colherada; também á noite, quando se desperta. Deve-se, porém, manter o líquido sempre bem tapado.

Durante a cura, devem-se tomar-se muitas refeições em que entrem cebolas cruas em abundância, especialmente saladas de ervas silvestres. boa, para esta cura, é também a batata (batatinha), pois, sendo rica em bases, neutraliza e expulsa os ácidos do corpo. Comem-se batatas cozidas, assadas ou purê de batatas. Evitam-se quaisquer frituras.

A cura pode prolongar-se por mais tempo, si se tem em vista combater enfermidades crônicas, como sejam: doenças do estômago, intestinos e rins; mucosidades, tosses, rouquidão, supurações, inchações. Hidropisia, deve-se também comer muita abóbora crua.

Um fato que sempre devemos ter em mente é que a maioria das enfermidades tem sua origem no mau funcionamento dos órgãos expulsadores, como sejam: os rins, a bexiga, o canal intestinal, os pulmões e a pele. Acumulam-se, assim, no corpo humano, diversas substâncias morbosas. Daí a razão porque inúmeras doenças provém  da prisão de ventre e escassa secreção urinária. E a cebola, por sua vez, combate esses males. Usemo-la, portanto, em abundância!

Far-se-nos-á mais compreensível o maravilhoso efeito das cebolas ao considerarmos que, além dos diversos tipos de vitaminas, ela possui ainda abundantes substâncias minerais, como: enxofre, fósforo, silicatos, ferro, cálcio, magnésio, etc..

Há ainda na cebola um hormônio vegetal que tem efeito como a insulina.

Em  resumo podemos dizer que a cebola é uma maçã picante curativa, cujo suco possui um excelente poder terapêutico e que o homem deveria usá-la em abundância.